1 Autor, 3 Obras – Brian Michael Bendis

Bem-vindos à nova coluna aqui do Justiça Geek, chamada 1 Autor, 3 obras, na qual falaremos sobre um criador de conteúdo, seja um diretor de cinema, um autor de quadrinhos, um desenhista, um autor de livros, um músico etc. Hoje vou falar de um autor que gosto bastante e que é popular devido à suas obras, Brian Michael Bendis.

Brian Michael Bendis, para quem não conhece, é um roteirista americano de histórias de quadrinhos e um dos maiores da Marvel na atualidade. É bastante popular devido à sua habilidade em escrever personagens urbanos e também por elaborar diálogos afiados, criando tramas que buscam trazer um alto grau de realismo ao leitor. Bendis possui muitos trabalhos conhecidos, tanto com personagens da Marvel (como Vingadores e Homem Aranha Ultimate) como em obras autorais (Alias e Powers), além de ser um autor premiado pois venceu o Eisner, o Oscar dos quadrinhos, duas vezes na categoria de melhor escritor. Bem, vamos às obras?

1º-Vingadores: a Queda

A fase de Bendis nos Vingadores é bastante elogiada (mesmo com alguns altos e baixos) por trazer este grupo de heróis para o topo em termos de popularidade e também bastante extensa, então falarei aqui do início dela que ocorreu neste arco chamado Vingadores: A Queda (em inglês o nome é Avengers Disassembled, uma alusão à clássica expressão Avengers Assemble, traduzido no Brasil como avante Vingadores).

Em a Queda os Vingadores vivem o pior dia de sua história, pois começam a sofrer uma série de ataques consecutivos de alguns de seus maiores inimigos, como Ultron e os Skrulls, e não conseguem encontrar uma razão lógica para tudo isso que está acontecendo. A Mansão dos Vingadores é destruída, Tony Stark tem um surto em um discurso na ONU e apoio do governo à equipe é suspenso. Definitivamente tudo dá errado neste dia.

A comunidade super-heroica se solidariza com os Vingadores e faz uma visita em peso ao que sobrou da mansão. No meio da conversa entre os super-heróis descobrimos quem está causando todo este caos aos Vingadores: A Feiticeira Escarlate. Wanda Maximoff enlouquece depois que descobre que já teve filhos e que eles não são reais, de modo que seus poderes fogem do controle e começam a distorcer a realidade.

Bendis mostra coragem ao matar membros da equipe e ao fazer com que membros importantes a deixem.Com seus roteiros sempre tentando trazer os quadrinhos para um ambiente mais realista, ele destrói essa tradicional equipe Marvel visando uma futura reformulação que a equipe ia sofrer.

Essa HQ deu início a uma série de eventos super importantes para a Marvel, como a Dinastia M, Guerra Civil e Reinado Sombrio. Como destaque gostaria de mencionar também a Edição Avengers Finale que encerra o arco e é uma bela homenagem aos Vingadores, contando com diversos artistas e retratando vários momentos da equipe no universo Marvel.

2º-Alias

Trouxe esta HQ para lista por ser uma das obras autorais mais aclamadas de Brian Michael Bendis e também o primeiro título do selo Marvel Max, que visava publicar histórias com temas mais adultos nos moldes do selo Vertigo da DC. Publicada a partir de 2001, Alias conta a história de Jessica Jones, uma ex-super heroína que após sofrer um grande trauma em sua carreira heroica resolve pendurar a capa e começa a agir como detetive particular.

Jessica é uma pessoa perturbada por acontecimentos em seu passado, e por isso não consegue estabelecer bons relacionamentos com outras pessoas. Além disso sofre preconceito por parte da sociedade devido a seu trabalho como detetive e também pelo fato de já ter sido uma super heroína. Bendis insere a personagem em investigações de casos que variam entre tramas de serviço de segurança pessoal e desaparecimento de pessoas até espionagem governamental. Ao mesmo tempo, o passado da personagem nos é mostrado e com isso conseguimos entender os motivos para que Jessica seja uma pessoa tão soturna.

Nesta série temos Bendis fazendo o tipo de história no qual ele é mais bem sucedido, uma história de cunho mais urbano com toques de investigação policial. Além disso, nesta época o escritor estava em seu auge, ganhando dois prêmios Eisner enquanto escrevia esta série e também reformulando o Universo Marvel como novas ideias. Lembrando que esta HQ foi adaptada em uma Série de TV pela Netflix com o nome da protagonista, Jessica Jones.

3º-Demolidor

Eu considero este o melhor trabalho de Brian Michael Bendis, é simplesmente sensacional a maneira como Bendis escreve o personagem de uma maneira muito crível e com um ritmo de uma série de TV. Não irei me aprofundar muito na história, já que  escrevi uma resenha do primeiro arco desta fase que foi lançado pela Panini (e que você pode ler clicando AQUI).

Escrito na mesma época em que o autor também se dedicava a Alias, Demolidor mostra Bendis em seu auge com as suas qualidades, como os diálogos afiados, muito latentes. É simplesmente sensacional e desta lista acredito que seja o material mais essencial para a sua leitura.

Tentei neste texto elencar obras relevantes deste que é um dos melhores escritores da atualidade em minha opinião e não explanar muito sobre as histórias para evitar spoilers. Mesmo com alguns trabalhos irregulares (vide Era de Ultron), Bendis consegue quase sempre entregar trabalhos consistentes e em alguns casos geniais. E você concorda com a lista? Acrescentaria mais alguma obra ou não aprova alguma das escolhas? Deixe aí nos comentários a sua opinião. Até a próxima!

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR:

The following two tabs change content below.

Lucas Araújo

Programador, estudante de TI e co-fundador do Justiça Geek. Fanático por quadrinhos, aficionado por filmes e séries, leitor faminto, gamer esporádico e músico (muito) frustrado. Gosta de falar sobre tudo isso em seu tempo livre(ou até mesmo quando não está tão livre...), debatendo questões essenciais para a humanidade como quem vence um crossover entre super- heróis, qual é seu escritor favorito e se um filme foi bem feito.