Indicados ao Oscar® 2019 – Parte 2

Resultado de imagem para oscar

A primeira parte deste texto foi bem equilibrada – dois filmes fracos e dois muito bons. Essa parte, temos dois filmes “mais ou menos”, mas com potencial de sair com pelo menos uma estatueta cada. Vamos a segunda e última parte dos Indicados ao Oscar 2019.

Nasce uma Estrela (A Star is Born), de Bradley Cooper.

Indicado a 8 estatuetas (Filme, Atriz, Ator, Ator Coadjuvante, Canção Original, Fotografia, Roteiro Adaptado, Mixagem de Som).

Imagem relacionada

Essa é a quarta adaptação do filme A Star is Born. Lady Gaga e Bradley Cooper ocupam as posições de protagonista. Não chega a ser um filme excelente, mas tem seus méritos. Em especial, dois. O primeiro deles: a trilha sonora. Gaga tem praticamente a estatueta do Oscar nas mãos com Shallow. E o segundo? Ela mesma: Lady Gaga. Ally não é uma personagem fácil, entretanto ela dá conta do recado e é praticamente impossível tirar os olhos da tela nas cenas em que a diva pop está cantando ou atuando. 

Leia mais sobre o filme neste texto que fiz na época do lançamento: http://justicageek.com.br/opiniao-nasce-uma-estrela/

Avaliação do Filme: 70/100 (deu uma modificada depois que revi, infelizmente).

***

Pantera Negra (Black Panther), de Ryan Coogler

Indicado a 7 estatuetas (Filme, Trilha Sonora, Musica Original, Figurino, Design de Produção, Edição de Som e Mixagem de Som).

Há um ano atrás Pantera Negra era lançado nos cinemas e fazia barulho. Não apenas pela sua importância através da representatividade, mas para as enormes qualidades técnicas do mesmo. Deixando o formato piada + luta dos filmes da Marvel um pouco de lado, Black Panther tem um tom mais sério, deixando seus personagens mais firmes, bem desenvolvidos, principalmente o vilão intepretado por Michael B. Jordan. Mas o principal nome é Ryan Coogler, com uma direção fantástica e um roteiro bem trabalhado. Além de, claro, a força da personagens femininas – talvez um dos maiores atrativos do filme.

Como disse o Lucas Araújo nesse texto publicado em fevereiro do ano passado, Pantera Negra era o filme de herói que precisávamos.

Avaliação do Filme: 85/100

***

Roma, de Alfonso Cuarón

Indicado a 10 estatuetas (Filme, Filme Estrangeiro, Diretor, Atriz, Atriz Coadjuvante, Fotografia, Roteiro Original, Mixagem de Som, Edição de Som, Design de Produção).

Resultado de imagem para roma filme

Melhor filme do ano indicado.

Com um roteiro simples, ele aprofunda no estudo da protagonista. Como acompanhamos tudo do ponto de vista dela, tudo o que vemos são meias-palavras, histórias pegas pela metade, mas que sem qualquer esforço ou didatismo conta tudo o que precisamos saber sobre aquele núcleo familiar. Roma é a vida pura e guerreira, estranha e amorosa, violenta ou carinhosa. O diretor usa a câmera como uma panorâmica, sempre parada, mas passeando pelos cenários, seguindo as cenas sem corte, trazendo o telespectador para dentro dos ambientes. Além de roteirista, diretor e produtor do filme, Cuarón também fez a direção de fotografia e a edição, provando ser um dos mais prolíficos na atualidade. A fotografia em preto e branco, por sinal, fala por si só nas fotos que ilustram esse texto.

E falo mais sobre o filme neste texto publicado no final do ano passado: http://justicageek.com.br/opiniao-roma/

Avaliação: 100/100

***

Vice, de Adam McKay

Indicado a 8 estatuetas (Filme, Direção, Ator, Atriz Coadjuvante, Ator Coadjuvante, Roteiro Original, Montagem, Maquiagem).

A Grande Aposta foi um dos filmes mais aclamados dos últimos anos. O tom crítico do filme dirigido por Adam McKay encantou crítica e público. McKay retorna a esse terreno com Vice, mas sem o mesmo sucesso. Protagonizado por Christian Bale, em mais uma de suas transformações físicas, o filme fala sobre o ex-vice-presidente dos Estados Unidos Dick Cheney e sua ação na geopolítica atual. O longa utiliza-se de algumas fórmulas de A Grande Aposta como as inserções, quebra de quarta parede ou explicações por famosos para dar maior grandiosidade, entretanto, não consegue. As explicações são tão longas que se tornam chatas e a edição, que poderia colaborar para evitar essa sensação, não o faz. Ao querer criticar e mostra-se contra tudo o que é abordado no filme, McKay reitera tanto que Vice perde o potencial no meio. Acaba fadado a ser vice.

Avaliação do Filme: 55/100

***

Gostaria de mencionar a indicação de Guerra Fria (Cold War) em Filme Estrangeiro, Fotografia e Direção. Um dos cinco melhores filmes lançados ano passado e que merece ser visto. Uma pena que Em Chamas (Burning), que considero o melhor filme do ano passado, não tenha conseguido chegar aos 5 finalistas da categoria de Estrangeiro. Mais um ano em que a Coreia do Sul é mantida de fora.

Agora, é só esperar o anúncio dos vencedores no dia 24 de fevereiro!

Até mais!

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR:

The following two tabs change content below.

Montez Olivero

Montez Olivero é estudante de cinema de Recife, Pernambuco. Escreve sobre as estreias da semana para você ficar por dentro do mundo da sétima arte. Viciado em filmes e séries a ponto de não responder mensagens por estar imerso neste mundo. Ou seja, um cinéfilo e seriador apaixonado e maníaco.

Latest posts by Montez Olivero (see all)