O Imortal Punho de Ferro-A Última História do Punho de Ferro-Review

Gosto muito de personagens urbanos, tanto que alguns dos meus personagens favoritos são o Bátema Demolidor, o Homem-Aranha e o Justiceiro. Mas é muito interessante quando escritores conseguem mesclar o clima urbano e realista com o fantástico e não há personagem que melhor simbolize esta mistura do que o Punho de Ferro.

Escrito por Ed Brubaker (Capitão América, Demolidor) e Matt Fraction (Gavião Arqueiro, Homem de Ferro), além de conter a excelente arte de David Aja (Gavião Arqueiro), O Imortal Punho de Ferro-A Última História do Punho de Ferro traz as 6 primeiras histórias dessa equipe criativa. Na história, Danny Rand (a identidade do Punho) está sendo caçado devido a lei de registro de super-heróis (lembra de Guerra Civil?) e também está enfrentado problemas no gerenciamento de seu grupo empresarial, as indústrias Rand. Como se não pudesse ficar pior, Danny descobre que o legado do Punho de Ferro está em perigo e tem que lutar para protege-lo.

Como mencionei no primeiro parágrafo, o roteiro mistura um clima mais urbano (com direito a presença de personagens como Luke Cage e Misty Night) com a magia inerente ao personagem e a sua mitologia. Aliás é muito interessante como a mitologia do personagem é explorada ao mostrar as versões anteriores do Punho de Ferro e sua importância para o mundo. A dupla de roteiristas consegue construir uma história interessante e divertida, com vários elementos que tornaram ambos famosos no meio dos quadrinhos.

A arte de David Aja mantém o alto padrão ao qual o artista nos deixou acostumados. Ela não está tão inventiva como em seu trabalho posterior no gavião Arqueiro, mas apresenta narrativa sensacional e soluções gráficas pouco vistas em HQs de super-heróis. A fluidez nas lutas, que são muito frequentes nas histórias do personagem, faz você sentir como se estivesse assistindo a clássicos filmes de Kung Fu dos anos 70.

Se você está buscando ler histórias do personagem para se preparar pro lançamento da série do personagem no Netflix, esse encadernado é mais que recomendado. Tenho certeza de que muito do que é mostrado aqui será usado como referência para o seriado. O gancho no final me fez ficar ansioso pelo próximo encadernado e espero que a Panini conclua essa fase o mais rápido possível e lance outros materiais do personagem (como a fase clássica de Chris Claremont e John Byrne).

Ficha Técnica

Editora : Panini
Ano de lançamento:2016
Páginas:148
Preço:R$22,90
Onde encontrar:Bancas de jornal e lojas especializadas

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR:

The following two tabs change content below.

Lucas Araújo

Programador, estudante de TI e co-fundador do Justiça Geek. Fanático por quadrinhos, aficionado por filmes e séries, leitor faminto, gamer esporádico e músico (muito) frustrado. Gosta de falar sobre tudo isso em seu tempo livre(ou até mesmo quando não está tão livre...), debatendo questões essenciais para a humanidade como quem vence um crossover entre super- heróis, qual é seu escritor favorito e se um filme foi bem feito.