O que rolou no Anime Friends 2016

Salve Justiceros!

Nos dias 08,09,10,15,16 e 17 de Julho rolou em São Paulo o Anime Friends, um dos maiores eventos de cultura Pop do Brasil. Nós estivemos lá (mais especificamente no dia 17) e vou contar um pouco sobre o que aconteceu no evento.

O Anime Friends é um dos mais tradicionais eventos do país e acontece desde 2003 em São Paulo. O evento é focado principalmente na área japonesa da cultura Pop, com mangás, animes e cosplays, mas possui áreas para fãs de quadrinhos, RPGs, video games, cosplayers etc. o evento acontece no Campo de Marte e é gigantesco, com diversos estandes e atrações para todos os gostos.

Este foi meu segundo Anime Friends (o primeiro foi em 2014) e percebi que o evento estava maior, com mais estandes e opções para comprar quinquilharias em geral. Canecas, miniaturas, camisetas e coisas do tipo eram facilmente encontradas no evento. Claro que também havia um espaço para os quadrinhos nos estandes da Panini, Devir e da Empório HQ, além de outras lojas.

Quanto às atrações, estavam rolando diversos shows no palco musical do evento, como da Comitiva do Rock e do Detonator. Como eu e o Ricardo ficamos mais na parte “Comic Con” do evento, vou comentar sobre as atrações que passaram por lá.

Assistimos à gravação do Podcast desonline do MDM (Melhores do Mundo), no qual o pessoal do site conversou sobre reboots em filmes, séries e quadrinhos. Foi uma conversa bem engraçada e descontraída, padrão da equipe do MDM, no qual estavam presentes os integrantes Fabio Catena, Nerd Reverso e Lojinha, além de convidados, como o desenhista Márcio Fiorito. Se você ainda não conhece o trabalho dos caras dá uma olhada no site deles e ouça o podcast que, mesmo não sendo nenhum Tribunal Geek, é muito bom rs

O pessoal do MDM

Depois disso, tivemos a atração mais esperada pelos fãs de quadrinhos: a palestra e depois a sessão de autógrafos do escritor britânico Peter Milligan, conhecido por seu trabalho em Shade, o Homem Mutável (sobre o qual já comentei no site), Homem-Animal e X-Statix. O autor falou um pouco sobre seu processo criativo, suas obras favoritas e como foi assumir o Homem-Animal após a elogiada fase de Grant Morrison, além de falar sobre como foi a experiência de ser o último escritor de John Contantine pelo selo Vertigo. Pude trocar algumas palavras com ele durante a sessão de autógrafos e resolvi perguntar o motivo de a Loucura ser um tema tão recorrente em obras dele, como Shade e Homem-Animal. O que ele me disse foi que devido ao seu grande interesse pela psique humana, ele resolveu usar a Loucura como uma ferramenta para tecer suas críticas sobre a sociedade Norte Americana e confessou que Shade foi um dos trabalhos que mais gostou de fazer. Ele foi super gentil com os fãs e espero que possa voltar ao Brasil mais vezes, para que mais pessoas tenham a oportunidade de conversar com ele.

O evento estava muito bem organizado, mesmo nos momentos de grande fluxo de pessoas. Uma crítica que deve ser feita, e isso já virou recorrente em grandes eventos, é sobre a venda de alimentos. O atendimento não estava suportando o número de pessoas, o que gerava filas enormes na praça de alimentação, além dos preços dos alimentos não serem nada convidativos. É algo que a organização precisa rever em futuras edições.

No geral, o Anime Friends é um evento que os fãs de cultura POP deveriam frequentar, pois há atrações para todo tipo de público. No fim do ano tem o Ressaca Friends, um evento menor dos mesmos organizadores, e pra quem quer ter uma noção de como funciona o Anime Friends dá uma passada lá. Até a próxima!

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR:

The following two tabs change content below.

Lucas Araújo

Programador, estudante de TI e co-fundador do Justiça Geek. Fanático por quadrinhos, aficionado por filmes e séries, leitor faminto, gamer esporádico e músico (muito) frustrado. Gosta de falar sobre tudo isso em seu tempo livre(ou até mesmo quando não está tão livre...), debatendo questões essenciais para a humanidade como quem vence um crossover entre super- heróis, qual é seu escritor favorito e se um filme foi bem feito.
  • Mateus Rodarte

    Aquela coringa atirou na minha cabeça durante o evento! Foi bem legal

    • Lucas Araújo

      O cosplay dela tava muito bom.