Recomendação da Semana – Quadros

Bem-vindos a mais uma Recomendação da Semana, a coluna na qual recomendamos livros, HQs, filmes, séries e álbuns que achamos interessantes. Hoje falarei sobre um trabalho autoral de um dos maiores artistas da Marvel na atualidade, querido por todos os brasileiros fãs de quadrinhos, sendo um representante de nosso país no mercado americano. A recomendação de hoje é Quadros, quadrinho escrito e desenhado por Mike Deodato.

Você com certeza já deve ter visto o trabalho de Deodato em algum lugar. O cara desenhou diversos personagens para a casa das ideias, firmando parcerias com roteiristas como Warren Ellis, Brian Michael Bendis, Jeff Lemire e Jonathan Hickman, também foi responsável por uma aclamada série da Mulher-Maravilha durante anos 90 e vem se destacando há bastante tempo. Deodato conta durante os textos presentes em Quadros que se sentia um pouco frustrado por ver todos os seus colegas lançarem um trabalho autoral e ele ainda não ter apresentado nada. Ele então resolveu tirar algumas antigas ideias da gaveta, bolar algumas novas e publicar uma espécie de antologia, na qual ele poderia demonstrar suas influências e explorar diversos temas.

Em Quadros temos várias histórias curtas nas quais Deodato realiza experimentos narrativos interessantíssimos, com histórias em diversos formatos diferentes, explorando temas como consequências da guerra, o vício em drogas, críticas à imprensa, barbarismo, entre outros. Cada história é precedida por um texto no qual Deodato fala como a concebeu, quais foram suas influências e quando foram criadas.

A versatilidade de Deodato é impressionante. Ele utiliza diversos tipos de traço, seja o tradicional de histórias de super-herói, algo mais europeu ou algo remetendo a histórias infantis, que lembram bastante o trabalho de Bill Watterson, o criador de Calvin, e Skottie Young. Mas o mais impressionante ainda é o texto afiado de Deodato, muito contundente e preciso, que prende o leitor. O cara realmente tem diversos talentos e acho curioso ele não ter escrito alguma história pra Marvel, ainda que ele comente ao longo da publicação que não consegue escrever histórias muito longas.

O trabalho gráfico da editora Mino merece elogios. A publicação apresenta capa cartonada e papel de ótima qualidade, mas também há uma caixa acrílica na qual estão as informações como nome do autor, da publicação, etc. É muito bonito e faz jus ao conteúdo. Há também textos muito legais escritos por Hélcio de Carvalho e Janaína de Luna, no qual os autores nos mostram perspectivas diferentes sobre Deodato e seu trabalho, e uma bela homenagem do autor a seu pai e sua maior influência, Deodato Borges.

Se você é fã de Mike Deodato, assim como eu, Quadros é um trabalho indispensável. Espero que Deodato produza mais material desse tipo e pelo o que me foi dito na CCXP 2018, ele dará total foco a trabalhos autorais em 2019, inclusive uma parceria com Jeff Lemire. Estou ansioso para conferir este trabalho.

Para comprar esse quadrinho clique AQUI. Ao comprar pelos nossos links você nos ajuda a continuar trazendo Justiça pra Cultura Pop! Ah e sempre tem um desconto bem legal 😉

Ficha técnica

Editora :  Mino
Ano de lançamento: 2015
Páginas: 84
Preço: R$ 58,00

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR:

The following two tabs change content below.

Lucas Araújo

Programador, estudante de TI e co-fundador do Justiça Geek. Fanático por quadrinhos, aficionado por filmes e séries, leitor faminto, gamer esporádico e músico (muito) frustrado. Gosta de falar sobre tudo isso em seu tempo livre(ou até mesmo quando não está tão livre...), debatendo questões essenciais para a humanidade como quem vence um crossover entre super- heróis, qual é seu escritor favorito e se um filme foi bem feito.