Recomendação da Semana: Violent Cases

De volta a mais um texto da nossa coluna “Recomendação da semana”, na qual os colaboradores do Justiça Geek se revezam para fazer uma recomendação de algo interessante que tenham consumido nos últimos tempos seja uma HQ, um livro, um filme, uma série, um jogo etc. E nessa semana a recomendação será uma HQ de um grande nome da indústria, Violent Cases!

Violent Cases é uma HQ escrita por Neil Gaiman e desenhada por Dave Mckean lançada originalmente em 1987.É o primeiro trabalho em conjunto desta dupla, famosa tanto por seus trabalhos individuais (Sandman, Deuses Americanos, 1602, Eternos, Asilo Arkhan) quanto por suas colaborações (Orquídea Negra, Sandman, Coraline, Mr. Punch).

A HQ tem como tema a confiabilidade e a veracidade das memórias, sobre como nos lembramos de situações, principalmente da infância, e como elas podem ter sido mais interessantes do que imaginávamos. O plot é o seguinte: O Narrador (o nome dele não é revelado, mesmo que a arte mostre que o personagem se parece muito com o próprio Neil Gaiman) quando tinha 4 anos quebrou o braço e seu pai resolve levá-lo a um osteopata. Durante a consulta, o garoto descobre uma informação bastante interessante: Este osteopata prestava serviço ao Al Capone.

Com esta premissa básica, Gaiman constrói uma história fantástica e fabulosa na qual a construção da narrativa se altera conforme as lembranças do narrador vem à tona. A arte de Dave Mckean não fica pra trás e muitas vezes expressa de forma magistral fatos que ficam implícitos no texto. Mesmo em início de carreira, este trabalho mostra que esta dupla tinha muito potencial, o que foi confirmado nos anos seguintes.

O trabalho gráfico da editora Aleph merece elogios, a edição tem orelhas, alto relevo no título e uma capa bem legal exclusiva pra edição brasileira. Além disso traz um posfácio escrito pelo próprio Gaiman, feito anos depois, com algumas reflexões sobre obra, pequenas biografias dos autores, as capas originais e uma introdução escrita por Alan Moore, para o lançamento original, na qual ele fala coisas muito interessantes e demonstra o quão promissor Gaiman era como autor de quadrinhos, o que comprovamos posteriormente.

Recomendo fortemente este trabalho, principalmente após o relançamento da editora Aleph e a facilidade de se encontrar o material. Será uma boa oportunidade de quem não conhece Neil Gaiman começar a apreciar o trabalho deste magnífico escritor e de quem já tem familiaridade com seu trabalho apreciar mais uma excelente obra.

Ficha Técnica

Editora: Aleph
Ano de lançamento: 2014
Páginas: 64
Preço: R$ 39,90
Onde encontrar: Livrarias e lojas especializadas

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR:

The following two tabs change content below.

Lucas Araújo

Programador, estudante de TI e co-fundador do Justiça Geek. Fanático por quadrinhos, aficionado por filmes e séries, leitor faminto, gamer esporádico e músico (muito) frustrado. Gosta de falar sobre tudo isso em seu tempo livre(ou até mesmo quando não está tão livre...), debatendo questões essenciais para a humanidade como quem vence um crossover entre super- heróis, qual é seu escritor favorito e se um filme foi bem feito.

Latest posts by Lucas Araújo (see all)