Recomendação da Semana – Depois do Fim do Mundo

Bem-vindos a mais uma Recomendação da Semana, a coluna na qual recomendamos livros, HQs, filmes, séries e álbuns que achamos interessantes. A recomendação de hoje é uma história de ficção científica completamente autoral de um dos grandes mestres dos quadrinhos, um dos meus grandes ídolos nessa indústria vital. A recomendação de hoje é Depois do Fim do Mundo, quadrinho escrito e desenhado por John Byrne.

Acho que é impossível você nunca ter ouvido falar sobre Byrne. Ele foi responsável, ao lado de Chris Claremont, pela melhor fase dos X-Men de todos os tempos, por ter tido uma fase na revista do Quarteto Fantástico equiparável ao trabalho de Stan Lee e Jack Kirby, trazer certa relevância para a Mulher-Hulk e por ter reformulado o Superman pós Crise nas Infinitas Terras, adicionando conceitos que qualquer um que tenha conhecido o personagem nos últimos trinta anos reconhece.

Em Depois do Fim do Mundo acompanhamos a história de sete aventureiros dentro da Estação Espacial Internacional, que presenciam uma terrível erupção solar que devasta grande parte da terra. A única opção que sobra aos astronautas é descer ao planeta e encarar o que quer que esteja esperando por eles.

É preciso dizer que você não encontrará nada de muito novo neste quadrinho, já que a história apresenta algumas características bastante recorrentes em histórias pós-apocalípticas. Porém, Byrne consegue trabalhar a história de maneira bastante competente, mantendo o leitor interessado em saber como a jornada dos personagens irá terminar.

A arte do quadrinho e sua narrativa visual mostram que Byrne ainda mantém um grande padrão de qualidade em suas obras, ainda que evidentemente ele não esteja mais no mesmo nível de seu auge criativo. É bem curioso vê-lo fazer sua própria arte final, com um traço um pouco mais solto e pesado.

A história apresenta alguns problemas, isso é inegável. Algumas passagens de tempo abrangem períodos muito grandes e mesmo que o autor tente explicar o que aconteceu em alguns rápidos flashbacks, você fica com a sensação de que está faltando algo. Talvez Byrne tenha planejado mais capítulos para a história, mas tenha tido que enxugá-la por algum motivo.

A edição da Mythos merece elogios. A edição faz parte do selo Prime Edition, uma iniciativa editorial que publica HQs em formato de luxo, mas, diferente do selo Gold Edition, as publicações não são europeias. Capa dura, papel de ótima qualidade e um tratamento editorial competente, a editora fez muito bem em investir no nome de John Byrne, já que fazia um certo tempo que não tínhamos publicações inéditas do autor por aqui.

Depois do Fim do Mundo é um quadrinho recomendado para todos os fãs de John Byrne ou para aqueles que querem ler uma história de ficção científica um pouco mais descompromissada. Pode não agradar a todos, mas é um lançamento que merece ser valorizado e espero que a editora lance mais coisas do autor.

Para comprar esse quadrinho clique AQUI. Ao comprar pelos nossos links você nos ajuda a continuar trazendo Justiça pra Cultura Pop! Ah e sempre tem um desconto bem legal 😉

Ficha técnica

Editora :  Mythos
Ano de lançamento: 2018
Páginas: 108
Preço: R$ 59,90

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR:

The following two tabs change content below.

Lucas Araújo

Programador, estudante de TI e co-fundador do Justiça Geek. Fanático por quadrinhos, aficionado por filmes e séries, leitor faminto, gamer esporádico e músico (muito) frustrado. Gosta de falar sobre tudo isso em seu tempo livre(ou até mesmo quando não está tão livre...), debatendo questões essenciais para a humanidade como quem vence um crossover entre super- heróis, qual é seu escritor favorito e se um filme foi bem feito.

Latest posts by Lucas Araújo (see all)