Quadrinhos: Por onde começar? – Especial Thor

Salve, Justiceiros!

Mais uma vez eu, Lucas, e o Ricardo nos reunimos para montar uma lista de HQs para iniciantes, mas dessa vez fizemos uma seleção somente com títulos do Thor, aproveitando que hoje tivemos a estreia de Thor – Ragnarok e muita gente saiu do filme com vontade de ler algo sobre o Deus do Trovão.

O Thor tem muitas histórias legais e de modo algum esta será uma lista definitiva, porém lendo o que vamos sugerir aqui você já estará bastante inteirado com acontecimentos importantes da cronologia do Deus do Trovão. Sem mais enrolações, vamos à lista!

Thor de Walt Simonson

Walt Simonson com certeza é um dos mais importantes artistas que já passou pela revista do Thor. A fase na qual ele roteirizou e desenhou a revista pode ser comparada à fase em que Frank Miller ficou à frente da revista do Demolidor, no quesito de construção de background e mitologia dos personagens.

É nesta fase que temos um épica luta contra Surtur, vilão que estará presente no novo filme, e a criação de Bill Raio Beta, um dos coadjuvantes mais legais das histórias do Thor. Simonson demonstra todo o estudo que fez sobre mitologia nórdica e aplica de maneira natural ao roteiro em excelentes histórias. E claro, a arte dele é sensacional, pois é um dos melhores artistas de sua geração.

A Panini já publicou esta fase completa em encadernados que hoje são bem raros de encontrar. A Salvat também publicou o primeiro arco da série e esta edição é mais fácil de ser encontrada. De qualquer forma fica aqui meu apelo para republicação este material em um formato com todo o luxo que essa fase merece.

Thor – O Carniceiro dos Deuses

Em 2012, após os eventos de Vingadores vs X-men, e em resposta ao reboot Novos 52 da Distinta Concorrência, a Marvel lançou o selo Marvel NOW!, zerando algumas numerações de revistas, atualizando o visual dos personagens, mas sem ser um reboot propriamente dito, já que os eventos até então não deixaram de existir.

Dito isso, eu venho testemunhar que o Thor foi um dos melhores produtos dessa iniciativa. Com a excelente dupla Jason Aaron no roteiro e Esad Ribic na deslumbrante arte, temos aqui uma história onde um ser conhecido como carniceiro dos deuses vem exterminando deuses de diversos panteões ao longo dos séculos, até que chega a vez do nosso herói confrontá-lo. Temos aqui uma história atemporal, em que um Thor do passado, o do presente e o de um futuro possível se reúnem para lidar com essa ameaça, que culmina no arco Bomba Divina, igualmente vem produzido.

Vale lembrar que a dupla criativa se manteve no comando das revistas do Thor por muito tempo, sendo inclusive os responsáveis pelo surgimento dA Thor, mas como eu ainda não li todo o run venho recomendar apenas o pimeiro/segundo arco.

Ah, e se você se interessou, temos uma matéria mais detalhada sobre esse arco, que você pode ler clicando AQUI.

Thor – Ragnarok

É sabido que houveram duas histórias em quadrinhos importantes do Thor com o título Ragnarok, uma clássica produzida pela lendária dupla Stan Lee e Jack Kirby, e uma dos anos 2000 (um tie-in da saga Vingadores: A Queda – Avengers: Disassembled, no original), pelos desconhecidos Michael Avon Oeming e Andrea di Vito (não, não é Danny deVitto kkk). Apesar disso, eu irei falar da segunda.

Diferente da história clássica, que basicamente retrata uma criatura de destruição sendo enfrentada pelos asgardianos, a Ragnarok moderna tenta adaptar na medida do possível o mito do fim dos tempos nórdico. A narrativa tem toda aquela abordagem mítica, com aquelas frases pomposas de efeito típicas das lendas clássicas. Tudo começa com uma artimanha do Loki, que desencadeia uma guerra entre Loki, Fenrir, Ymir e outras entidades malignas contra Thor e os demais deuses. Aqui veremos diversos personagens importantes do núcleo do Thor encontrando seu fim, e uma busca do heroi por poder e conhecimento digna de entrar para os anais da história (sem piadinhas).

E complementando tudo isso, temos uma arte que casa muito bem com o roteiro proposto, onde o artista fez questão de adornar as bordas da página para se assemelhar a um papiro ou tomo místico, e até mesmo a fonte das letras foi substituída por uma mais adornada. Na humilde opinião do Ricardo que aqui vos fala, essa é a história definitiva do deus do trovão, onde ele enfrenta seus maiores medos e desafios, e durante a história os principais coadjuvantes do personagem fazem participações especiais dignas de nota.

Ah, uma última observação: O filme parece ter pegado poucos elementos dessa história e da história clássica, mas vale a pena ler e tentar identificar os pontos onde o filme bebe da história.

Thor – Contos de Asgard

Citando novamente os dinossauros Stan Lee e Jack Kirby, foi na HQ Journey Into Mystery #83 que o personagem teve sua primeira aparição. A partir da edição 93, os autores passaram a utilizar o título para contar pequenos contos de 5 páginas sobre os deuses nórdicos, enquanto as demais páginas eram usadas para as histórias da cronologia corrente do personagem.

Esses contos abordavam diversas histórias, algumas focando nos personagens coadjuvantes. Os primeiros contos nos mostram porque Odin é digno de ser o Senhor dos 9 reinos, vemos a infância do Thor ao lado de Loki e Balder, a jornada de amadurecimento do deus do trovão até ser digno de erguer o Mjolnir, as incessantes artimanhas de Loki movidas pela inveja acumulada pelo irmão, nos são apresentados os 3 guerreiros (Hogun, Fandral e Volstagg – esse último tendo um conto divertidíssimo, mostrando seus atos de “bravura”), entre outras histórias. Aqui também nos são apresentados diversos dos principais vilões do núcleo asgardiano da Marvel: Loki, Hela (a vilã do novo filme), o dragão Fafnir, Surtur (também elencado no filme vindouro), Ymir e os gigantes de gelo, e a lista continua.

O fato de serem inúmeras histórias curtas (a fase durou 49 edições) faz dessa uma das leituras mais agradáveis do personagem, e diria que até mesmo da editora como um todo.

Thor de J. Michael Straczynski

Como comentei na lista que fizemos sobre HQs do Homem-Aranha, curto bastante o trabalho do Straczynski. Ele cometeu alguns tropeços na sua fase na revista do Aracnídeo, mas acho que o trabalho na construção e evolução de personagens que ele faz é sensacional. Na revista do Thor não é muito diferente.

Nesta fase temos o retorno do Thor após o Ragnarok, que o Ricardo comentou nesta lista, em um período pós-Guerra Civil. O Deus do Trovão inicia uma busca pelos deuses desaparecidos após o Ragnarok com o objetivo de reconstruir Asgard (o que ele acaba fazendo, construindo a residência dos deuses no meio dos EUA e gerando situações no mínimo curiosas). Claro que ao trazer estes deuses de volta, não somente seus amigos reaparecem mas também um de seus maiores inimigos: Loki, agora na forma de uma mulher.

No meio de sua jornada ele será confrontado por Tony Stark, devido ao status que ele atingiu pós Guerra Civil, e temos uma das lutas mais bacanas que eu já vi, mostrando a diferença entre um humano numa armadura e um Deus do Trovão. Também acompanhamos as conspirações de Loki para destruir Thor, aliás Straczynski apresenta uma das versões mais interessantes do vilão já feitas: Loki é ardiloso, sarcástico e pretende vencer Thor não em combate físico, mas mental. Tudo isso é coroado com a sensacional arte de Olivier Coipel.

A Panini publicou essa fase completa em sua linha Marvel Deluxe nos encadernados Renascer dos Deuses, Em Nome do Pai e O Cerco.

Caso você se interesse, aqui estão os links para compra (Do que está disponível na Amazon):

Carniceiro dos Deuses e Bomba Divina
Renascer dos Deuses, Em Nome do Pai e O Cerco 

Ao comprar pelos nossos links você nos ajuda a continuar trazendo Justiça pra Cultura Pop! Ah, e sempre tem uns descontos bem legais! 😉

E esta foi nossa lista de HQs do Thor para iniciantes. Ressalto novamente que essa lista não tem o objetivo de ser definitiva, porém acredito que lendo o que foi indicado aqui você terá um bom conhecimento sobre o Deus do Trovão nos quadrinhos. Tem algum personagem que você gostaria de começar a ler? Deixe sua sugestão e iremos em busca de um ponto de partida legal para você. Até a Próxima!

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR:

The following two tabs change content below.
Trazendo Justiça para a cultura Pop!

Latest posts by Equipe Justiça Geek (see all)