Recomendação da Semana – Eu Matei Adolf Hitler

Bem-vindos a mais uma Recomendação da Semana, a coluna na qual recomendamos livros, HQs, filmes, séries e álbuns que achamos interessantes. Hoje a recomendação é um quadrinho com uma proposta bastante inusitada, misturando viagem no tempo, relacionamentos amorosos e animais antropomórficos, sendo contada em uma narrativa apuradíssima. A recomendação de hoje é Eu Matei Adolf Hitler, escrito e desenhado por Jason.

Eu já comentei sobre Jason aqui no site, quando recomendei Sshhhh!, um quadrinho mudo sensacional que fala sobre muitos temas inerentes à humanidade. Em Eu Matei Adolf Hitler, o autor propõe uma história muito curiosa: Em um mundo onde ser um assassino de aluguel é uma profissão tão legitima e corriqueira quanto ser médico ou advogado. Um cientista contrata um desses assassinos para viajar no tempo e matar Adolf Hitler antes de sua maligna ascensão ao poder. Parece loucura né? Mas não se preocupe, Jason torna isso coerente por mais incrível que pareça.

Você pode achar essa sinopse um pouco parecida com o filme Looper, a ótima produção dirigida por Rian Johnson e protagonizada por Bruce Willis e Joseph Gordon-Levitt, mas não é essa abordagem com mais ação que a história ruma. Jason procura, entre outras coisas, explorar o relacionamento entre o protagonista e sua esposa, que está em crise no início da história, e em como toda a parte de viagens pelo tempo influencia os dois.

O artista utiliza diálogos de forma pontual durante a história, já que o foco está mesmo em sua narrativa e arte. Com forte influência da linha clara de Hergé (criador do Tintin), Jason utiliza desenhos simples, porém bastante fluídos, para contar a história que é repleta de reflexões, momentos de humor bastante sarcástico e pitadas de ficção científica. Não é a toa que ele já recebeu diversos prêmios, entre eles os renomados Eisner e Harvey.

A editora Mino merece todos os elogios por ter apresentado o artista para os leitores brasileiros e por continuar apostando em seus trabalhos. Além disso, a edição do quadrinho é bastante competente, possui capa cartão com orelhas e papel de boa qualidade, mantendo o mesmo formato de Sshhhh! e formando uma espécie de coleção do autor. Espero que a editora traga ainda mais trabalhos de Jason por aqui.

Eu Matei Adolf Hitler é um ótimo quadrinho que parte de uma premissa que foge do comum, divertindo o leitor ao mesmo tempo que proporciona algumas reflexões. O que você está esperando para iniciar a leitura?

Para comprar esse quadrinho clique AQUI. Ao comprar pelos nossos links você nos ajuda a continuar trazendo Justiça pra Cultura Pop! Ah, e sempre tem um desconto bem legal 😉

Ficha técnica

Editora : Mino
Ano de lançamento: 2019
Páginas: 48
Preço: R$ 44,00
Onde encontrar: Livrarias e lojas especializadas.

 

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR:

The following two tabs change content below.

Lucas Araújo

Programador, estudante de TI e co-fundador do Justiça Geek. Fanático por quadrinhos, aficionado por filmes e séries, leitor faminto, gamer esporádico e músico (muito) frustrado. Gosta de falar sobre tudo isso em seu tempo livre(ou até mesmo quando não está tão livre...), debatendo questões essenciais para a humanidade como quem vence um crossover entre super- heróis, qual é seu escritor favorito e se um filme foi bem feito.